Diferencial leiteiro da vaca Jersey comparado com os das demais raças

A raça Jersey possui diversos fatores que contribuem para que o seu potencial leiteiro se destaque entre as demais raças produtoras de leite.

Entre estes fatores está a sua alta adaptabilidade, ela é tolerante às mudanças de temperatura, principalmente ao calor, além de se adaptar a diferentes sistemas, seja de confinamento ou pastoreio.

Outros fatores que estão relacionados ao seu diferencial leiteiro, é a sua precocidade e sua longevidade, ou seja, a vaca da raça Jersey tem seu primeiro parto mais cedo que as demais, e consequentemente sua primeira lactação mais cedo, e possui uma vida produtiva mais longa, há registros de vacas que produziram por mais de 20 anos.

Por ter um tamanho menor, é possível colocar mais vacas da raça em um determinado lote, o que aumenta a produção por área de forragem e consequentemente a rentabilidade.

Produção de leite

O leite da raça Jersey possui uma qualidade superior ao das demais raças, possui maior teor de gordura, mais cálcio, mais proteínas e sólidos não gordurosos (carboidratos, sais mineiras, vitaminas e proteínas).

Devido aos teores de nutrientes presentes no leite da vaca Jersey, ele é um dos mais valorizados pela indústria, pois tem ótimas qualidades tanto para o consumo humano como para a produção industrial.

A vaca Jersey chega a produzir a cada lactação cerca de 12 vezes o seu peso em leite, podendo ultrapassar facilmente esses valores.

Jersey vs Holandesa

Outra raça leiteira popular no Brasil é a holandesa, ambas têm produções finais bem parecidas, proporcionalmente ao tamanho de cada vaca, porém a Jersey possui teores maiores de certos nutrientes, como podemos observar na tabela abaixo:

Produção e composição do leite e estimativa de balanço energético de vacas Holandesas e Jersey entre a 2 e a 14 semana de lactação.

Fonte: Adaptado de Aikman et al. 2007

Preço do leite em Santa Catarina

Em outubro de 2017 o preço pago por litro do leite no estado de Santa Catarina, segundo a FAESC (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina) foi o seguinte:

  • 1,0780 – Leite acima do padrão;
  • 0,9374 – Leite padrão;
  • 0,8522 – Leite abaixo do padrão.

O leite da vaca Jersey é considerado acima do padrão, ou seja, possui teor de gordura acima de 3,60%, acima de 3,15% de proteína e acima de 8,50% de sólidos não gordurosos.

O valor pago pelo seu leite reafirma o seu diferencial e o quanto é vantajoso a criação desta raça no país.

2 comments on “Diferencial leiteiro da vaca Jersey comparado com os das demais raças

  • Gumercindo Campos Brito Neto

    Estou pretendendo adquirir entre 15 a 20 puros recém partida com cria ao pé ou próxima de parição. Pretendo tb. Novilhas próximas ao pto de inseminação. Estás novilhas são PO ou PC ou outro grau de sangue? Temos preocupação com tristeza parasitária, já que na tua região infestações por carrapato praticamente não há. Somos produtores de leite condensado gado girolando.

    Reply
  • Barbosa

    Gostaria de co conhecer os animais que estão a venda. Estarei em Rio do Sul esta semana

    Reply

Leave Comment